Loading...
Serviços2018-09-16T00:56:14+00:00

SERVIÇOS

Ampliação dos níveis de desempenho, respostas ágeis, qualidade e produtividade são objetivos cada vez mais perseguidos pela maioria das empresas. A sustentação da vantagem competitiva pode significar a diferença entre a sua organização e a de seu concorrente. E o processo de globalização faz com que as organizações necessitem, cada vez mais, de soluções especializadas e integradas em todos os aspectos da gestão e da dinâmica organizacional.

Neste contexto, CARLA MARQUES CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL, disponibiliza serviços que proporcionam qualidade de vida, conhecimento, aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional constante para as organizações e seus colaboradores. Com um trabalho focado e personalizado, nossa empresa está altamente qualificada, para inovar e ser flexível, primando para excelência na qualidade dos serviços oferecidos na área de Gestão Empresarial com foco na Gestão de Pessoas.

Para tanto contamos com uma equipe especializada que se baseia em valores como: 

  • Ética

  • Responsabilidade

  • Compromisso

  • Aprimoramento constante do conhecimento

  • Qualidade

  • Foco em resultados

  • Humanização

Propomos ideias que não só respeitem, mas potencializem e valorizem a cultura organizacional e as práticas de sucesso já adotadas.

A reestruturação organizacional, para nós significa a renovação e a inovação necessárias para atender um mercado tão exigente.

Auxiliamos com nossos serviços de Consultoria Empresarial e Profissionalização, com modelos, sistemas e ferramentas de administração, mais adequados ao seu negócio.

Constitui-se em um compromisso mútuo entre o orientador (COACH) e o Cliente (COACHEE) quanto às metas, ações, recursos e condições que possibilitem a realização dos projetos, com da potencialização de talentos e competências, a ampliação de limites, o desenvolvimento de aspectos restritivos, visando a plenitude de desempenho e o alcance dos resultados pretendidos.

Processo de Coaching tem foco na atividade do profissional, na melhoria de desempenho, nos impactos na gestão e no desenvolvimento de novas competências.

Assessoramos empresários, com técnicas científicas para a redução de conflitos no momento da Sucessão Familiar. Trabalhos com neutralidade e experiência no modelo dos três círculos: Família, propriedade e administração.

Fazemos a avaliação do potencial humano existente na Organização, permitindo identificar o perfil ideal da função e dos objetivos estratégicos do negócio, bem como, conhecer os profissionais que se alinham a eles. Podem também ser utilizadas para esse processo, diferentes ferramentas de avaliação disponíveis no mercado.

Desenvolvemos o processo de reflexão e análise para as lideranças, quanto ao desempenho apresentado no exercício da função, segundo a perspectiva de múltiplos avaliadores.

A Avaliação de Performance mede a contribuição do líder para o resultado global da empresa e área, seja esta quantitativa ou qualitativa.

A partir do entendimento das estratégias da Organização e dos objetivos e metas do negócio, buscamos agregar valor na revisão e no alinhamento das práticas de gestão dos Recursos Humanos quanto aos subprocessos de:

Capacitação e Desenvolvimento;
Comunicação Interna;
Desenvolvimento da Área de Recursos Humanos;
Estruturação e Reestruturação de Empresas;
Contratação, remuneração e benefícios;

Em um cenário econômico de crescente competitividade, o sucesso das organizações está cada vez mais relacionado com a qualidade do gerenciamento das suas relações com clientes internos e externos. O sonho de muitas empresas é ter um quadro de colaboradores criativos, capazes de encontrar soluções para os problemas da organização, impulsionando a produtividade, a competitividade e alcance dos objetivos almejados. Através das melhorias nas políticas de gestão de pessoal e outras áreas possibilitadas pela Pesquisa de Clima, torna-se viável conciliar os interesses da organização em eficiência, produtividade, lucro, continuidade do negócio, com os propósitos individuais de realização pessoal, possibilidade de desenvolvimento, participação, aceitação e bem-estar pessoal.

Uma empresa deve ter claramente estabelecido se deseja realmente trazer inovações e mudanças para seus negócios, e se de fato está disposta a encorajar e recompensar essas alterações, pois trabalhar com pessoas criativas não é tão simples quanto parece. Não é possível gerenciar uma equipe de maneira comum e esperar que seja criativamente produtiva. Criar um ambiente favorável à produção criativa envolve valores e atitudes que precisam ser claramente comunicados, tanto aos colaboradores como às suas lideranças, de forma que se criem as condições necessárias ao desenvolvimento de um processo de mudança consistente e sem traumas.

Nesse sentido, é imperativa a gestão do clima organizacional. É indispensável conhecer o que os funcionários pensam sobre a empresa e qual a sua atitude em relação aos diferentes aspectos de uma organização. Só assim é possível melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, a qualidade de vida das pessoas no trabalho e, consequentemente, a qualidade dos serviços prestados pela empresa.

Estabelecer um clima organizacional adequado à fluidez de comportamentos que torne possível a geração de ideias e de implementação de soluções criativas, portanto, é tarefa gerencial.

A Pesquisa é uma ferramenta para coleta destes dados, fornecendo informações importantes sobre a percepção dos colaboradores em relação aos diversos fatores que afetam os níveis de motivação e desempenho dos mesmos. Além da identificação destes problemas, a pesquisa, enquanto meio de comunicação, possibilita ainda a utilização do conhecimento tácito dos colaboradores para a resolução dos problemas com os quais os mesmos lidam diariamente. A pesquisa, portanto, possibilita que a organização avalie seu momento atual e planeje ações, em um processo de melhoria contínua.

Fases da Pesquisa de Clima

Fase 01 –  Aprovação para a realização da pesquisa e reunião com todos os colaboradores

Fase 02 – Definir objetivos da empresa e o seu planejamento;

Fase 03 – Definir as questões que a empresa quer avaliar;

Fase 04 – Parametrização;

Fase 05 – Aprovação da pesquisa pela gestão;

Fase 06 – Divulgação da pesquisa;

Fase 07 – Aplicação do questionário e coleta dos dados;

Fase 08 – Tabulação e análise dos resultados;

Fase 09 – Elaboração dos relatórios e feedback

Fase 10 – Apresentação dos resultados para a Gestão;

Fase 11 – Apresentação para todos os colaboradores da organização;

Fase 12 – Desenvolvimento de planos de ações que contemple soluções possíveis;

Fase 13 – Assessorar a implantação e gerenciamento do plano de ação;

Fase 14 – Análise de resultado e plano de ação;

Objetivos Específicos da Pesquisa

Avaliar o grau de satisfação dos colaboradores em relação à organização;
Criar canal de comunicação direta entre os colaboradores e a direção da organização, onde possam manifestar suas opiniões com garantia do anonimato;
Permitir melhoria do clima organizacional onde for constatado o maior grau de insatisfação no ambiente de trabalho;
Identificar, avaliar e monitorar o impacto das intervenções contempladas na Pesquisa no decorrer do tempo.
Criar meio, junto aos colaboradores, para o aperfeiçoamento da comunicação;

 Produtos Esperados

Através da avaliação e correção dos problemas identificados, espera-se que a Pesquisa produza os seguintes resultados, de acordo com as possibilidades de realização, conforme os prazos abaixo:

Melhoria contínua da qualidade no ambiente de trabalho, proporcionando desenvolvimento pessoal e profissional aos colaboradores e ganhos para a organização;
Oferecer condições de segurança adequadas para o trabalho;
Melhorar a comunicação na organização;
Proporcionar um bom relacionamento entre os diferentes níveis hierárquicos;
Criar um ambiente saudável de trabalho através da manutenção do bom relacionamento interpessoal;
Aprimoramento das políticas adotadas pela organização, gerando resultados satisfatórios aos seus grupos de interesses (Clientes Internos e Externos, Colaboradores, Fornecedores, e a Sociedade);
Possibilitar uma adequada gestão do conhecimento;
Melhorar o comprometimento e conhecimento dos colaboradores em relação aos objetivos da organização;
Desenvolver e capacitar às lideranças;
Possibilitar o desenvolvimento profissional dos colaboradores;
Identificar os pontos fortes e fracos da organização na visão dos colaboradores, permitindo assim a melhoria do nível de satisfação destes.
Melhoria das condições de infraestrutura para o trabalho;
Oferecer condições para o desenvolvimento e a inovação;
Oferecer condições satisfatórias de trabalho, de acordo com os interesses dos colaboradores;

Após diagnosticar de forma sistemática as necessidades de treinamento buscamos desenvolver programas que possibilitam atender e satisfazer plenamente as necessidades da empresa, orientando de como mensurar os resultados destes. Os treinamentos facilitam a escolha e retenção de profissionais; mapear os talentos potenciais e inteligências e desenvolver o capital humano para atender aos desafios do negócio. Alguns treinamentos que desenvolvemos:

A Arte de Delegar e dar Feedback;

Administração do Tempo;

Capacitação para avaliação por competências;

Construção e Desenvolvimento de Equipes;

Desenvolvimento de Liderança de Alto Desempenho;

Formação de Líder-Coach;

Excelência no Atendimento ao Cliente;

Facilitando Reuniões Eficazes;

Formação do Profissional de Vendas;

Gestão de Mudança;

Oratória – A arte de falar em público;

Planejamento de metas;

Seleção por competência, entre outros.

É cada vez maior o número de empresas que, diante da complexidade do cenário empresarial e de tantas turbulências e incertezas, estão buscando ferramentas e técnicas para auxiliarem no processo gerencial das instituições. 

Para uma organização crescer com sustentabilidade uma das ferramentas utilizadas é a implementação do processo da gestão da qualidade ISO 9000. Os sistemas de gestão da qualidade (SGQ) são fundamentais para que uma empresa se mantenha competitiva e obtenha sucesso no mercado. Tendo em vista a possibilidade de crescimento, faz-se necessário melhorar os processos, diminuir custos e melhor atender o cliente. Mas, para que uma organização possa implementar um SGQ eficiente, é vital o atendimento dos requisitos dos cliente, comprometimento de todos os colaboradores com a qualidade dos processos e compromisso com a melhoria contínua.

A implantação e certificação da ISO 9001 permitem, às organizações, demonstrar níveis diferenciados de planejamento, gerência e preocupação com a satisfação do cliente. Essa implantação não garante que a empresa atue sem falhas, nos seus processos, e sempre satisfaça seus clientes, contudo, exige que haja ferramentas consistentes para prevenir a ocorrência de falhas e tratar com agilidade e eficácia a ocorrência de algum desvio, atuando na causa do problema.

A gestão da qualidade é um instrumento que auxilia, substancialmente, as empresas na adequação de seus processos, envolvendo toda a empresa, desde o planejamento até o desenvolvimento, operação e análise dos resultados. É um sistema que deve envolver não só funcionários, mas também fornecedores.

Tendo como foco o controle de gestão da qualidade, a melhoria contínua dos processos e a satisfação dos clientes, as normas ISO 9000 impulsionaram as empresas para o desenvolvimento de seus negócios, tornando-as mais competitivas. A globalização fez aumentar a exigência do mercado e hoje, para muitas empresas, a certificação passou a ser fator determinante à conquista de novos negócios.

planejamento estratégico é a ferramenta determinante, o ponto de partida da organização e tem como função antecipar o que a organização deverá fazer e quais objetivos deverão ser atingidos, definição das estratégias que ajudarão a colocar em prática a execução dos objetivos e também a sobrevivência da organização.

Planejamento estratégico é uma competência da administração que auxilia gestores a pensar no longo prazo de uma organização. Alguns itens e passos cruciais para o plano estratégico são: missão, visão, objetivos, metas, criação de planos de ação e seu posterior acompanhamento.

Um bom Plano de Cargos e Salários deve ser estruturado a partir do equilíbrio interno (hierarquia de cargos) e do equilíbrio externo (mercado) e deve ainda estar apoiado numa política e critérios claros de administração. Trata-se de um mecanismo para a gestão dos recursos humanos, adotado por empresas de todos os portes, no qual as regras de ascensão dentro da organização, assim como sua política salarial, são previstas de forma clara e transparente.

Por meio dele, a empresa consegue identificar os talentos e aptidões de seus colaboradores. A partir dessa avaliação, ela criará uma estratégia para alocar cada indivíduo no cargo em que ele pode ser mais produtivo.

A orientação profissional conduz de maneira estratégica pessoas que desejam fazer escolhas assertivas com relação à carreira que querem seguir, contribuindo para a descoberta da vocação e do caminho a trilhar para ter maior realização na área de atuação. A orientação profissional é também uma medida preventiva que ajuda o indivíduo na maturidade de sua escolha, desmistificando os medos de encarar a profissão desejada.

A Orientação Profissional vai além dos conhecidos “testes vocacionais”. Trata-se de uma metodologia que proporciona reflexões sobre si mesmo e sobre as opções profissionais. Sendo assim, é um processo que  implica na identificação dos critérios de cada um.

Durante a orientação profissional, o orientando é conduzido de maneira estratégica a fazer escolhas mais assertivas sobre sua carreira, ter mais segurança para descobrir seus interesses e construir um projeto de vida que inclua estudo e ocupação profissional.

Constelação Organizacional é uma metodologia de consultoria e suporte oferecida a empresas e organizações. Baseada na teoria de aconselhamento, a Constelação Familiar, desenvolvida pelo filósofo e psicoterapeuta alemão, Bert Hellinger, tem como objetivo oferecer soluções efetivas aos problemas relativos ao contexto empresarial.

É um método efetivo que ajuda as empresas em diversos âmbitos e proporciona diversas melhorias em seu ambiente organizacional. Baseado em três elementos (Hierarquia, Pertencimento e Troca) que se forem plenamente compreendidos e respeitados, com certeza, haverá na empresa ordem e organização e o sistema estará finalmente em equilíbrio.